O meu cantinho!...

Não sou Poeta, não sou Professor, não sou Engenheiro e muito menos Doutor. Sou alguém que aprendeu a ser o que é, porque um dia me disseram que na vida o que realmente importa é ser eu próprio, confiar nos sentimentos e respeitar o que nos rodeia, ...as pessoas e ...o Mundo!

(Não é permitida a duplicação de partes ou da totalidade deste site sem a permissão do WebMaster)

» Ver dados pessoais «

terça-feira, novembro 07, 2006

Leituras…

Foto de CMatos

Quando se gosta de ler e se tem pouco tempo disponível para o fazer, o que acontece? Aproveitam-se todos os bocadinhos e oportunidades, mesmo aquelas mais incríveis. No meu caso tornou-se hábito, mesmo vício, ter sempre à mão algumas revistas e livros no WC para que durante o “processo de evacuação” o tempo seja mais proveitoso. Não exagerarei se vos disser que grande parte dos livros que já li, o fiz sentado na sanita. Não é que dê muito jeito, já que por várias vezes embrenhado que estou na leitura, nem me dou conta do tempo ao ponto de só me levantar quando já não sinto as pernas ou de as ter num completo formigueiro.
E a que vem isto a propósito? É que na última visita à minha “biblioteca” li algumas passagens da revista Sábado (a mesma que num dos posts abaixo faço referência) e à terceira fechei-a. Porquê? Ora façam favor de ler…

Primeiro…

«O PCP e a Coreia do Norte - O líder do PCP, bem como todo o comité central do Partido Comunista mais retrógrado da Europa, acredita que a Coreia do Norte é um modelo de sociedade invejável, um exemplo a seguir e uma “democracia” à antiga. (…) pensam assim também da China, de Cuba, do Vietname e do Laos. Todos eles países com um partido único, (…) comunicação social controlada e filtrada pelo governo, censura, repressão, tortura e perseguição política. São estes países que o PCP admira, inveja e em relação aos quais não se cansa de demonstrar solidariedade.»

Um pouco mais à frente (um par de folhas) …

«Regime mata crianças impuras – Bebés deficientes, considerados impuros, estão a ser mortos na Coreia do Norte. A suspeita foi agora confirmada pelo médico Ri Kwang-chol, que fugiu do país há um ano. E o regime também força abortos de filhos de pais chineses.»

Voltando atrás, e mudando um pouco de assunto (ou talvez não)…

«É preciso muito empenho – Os partidos políticos (…) conseguiram cometer mais de dez irregularidades e ilegalidades no financiamento das suas campanhas. (…) só pode concluir-se que os políticos são todos iguais. (…) é preciso dizer que há uns mais iguais do que outros. Vitalino Canas, por exemplo, comentou o relatório do Tribunal Constitucional (…). Diz que estas ilegalidades e irregularidades são “recorrentes” – não percebendo que isso só as torna mais graves. Afirma que “os partidos têm alguma dificuldade em fazer a consolidação das contas” – não entendendo que isso só os torna mais culpados. E lamenta que a lei seja “muito rigorosa” – não compreendendo que essa é a desculpa de todos os fora-da-lei.»

Foi o fim da macacada e da leitura.
Ora aqui está, afinal, tudo o que as empresas (privadas claro) têm de fazer, quando apanhadas em falta. Primeiro diz-se: Ai não paguei o Iva?! Pois, o ano passado e o anterior e o outro também não paguei, qual é a crise agora? E sabe que mais, estas contas são muito difíceis de fazer e eu ou estou a vender ou a tratar da contabilidade e o importante é vender não é? E mais, eu nem sequer devia pagar Iva nem qualquer outro imposto, vocês é que são uns exigentes do caraças, e assim não se pode viver. Olhe vou é p’ás feiras, aí ninguém chateia!
E prontos, ninguém é multado, preso, demitido, julgado… afinal as leis foram feitas e aprovadas por nós! Ou não? Porca miséria esta.

8 Comments:

At 07 novembro, 2006, Blogger al cardoso said...

Quanto a primeira parte do post, tambem eu tenho esse habito (talvez mau) de ler no WC.

Quanto ao seguinte, como e possivel que ainda hoje e depois de tantas evidencias de intolerancia e brutalidade comunista, ainda presiste entre nos, gente que defende esses regimes.

Um abraco e boa semana.

 
At 07 novembro, 2006, Blogger Musician said...

Bem, eu cá acho que estamos a caminhar para o fim do mundo, sinceramente!
Ainda consigo ver coisas boas no meio disto tudo, claro, mas há muita mais maldade, dinheiro, vicios... e sabes, o dinheiro é que estraga isto tudo! Se não houvesse dinheiro o mundo seria o paraiso ;)

Beijinhos e boa semana*

 
At 07 novembro, 2006, Anonymous Anónimo said...

O seu blog é um dos que visito quase diáriamente embora raramente comente.

Vai-me desculpar mas não costumo comentar politica mas como aflorou esse tema (coisa que raramente faz neste seu espaço) gostaria de deixar o meu seguinte comentário.

Depois de o ler e de pensar que a novidade seria se fosse ao contrário, que o exemplo viesse de "cima" (como se costuma dizer)que, enfim, já não acredito na politica. Como dizia depois de pensar todas estas generalidades, porque julgo que não serei o único a ter esta imagem da nossa politica e dos nossos politicos, fui embora ler outras "leituras" mas pouco depois voltei.

Voltei para lhe dar mais do mesmo:

Noticia no SicOnline: "No próximo ano vão ser gastos mais de sete milhões e 600 mil euros com pensões vitalícias para políticos. De acordo com o Correio da Manhã, há nesta altura 382 pessoas a receber essa compensação destinada a titulares de cargos políticos com um mínimo 12 anos de serviço.Apesar das subvenções vitalícias terem sido suspensas em Outubro, o Orçamento de Estado prevê uma verba de sete milhões e 200 mil euros para essas despesas, o que representa um aumento de 6,4 por cento em comparação com 2006.
Em média, os beneficiários deste regime recebem cerca de 1300 euros por mês em pensões vitalícias."

Pergunto eu: como posso/podemos acreditar na politica e nos politicos?

Abraço
José António

 
At 07 novembro, 2006, Blogger pitanga said...

Bom dia, Matos. Começo perguntando quantos banheiros há na tua casa? Porque pela tua "tomada de posse", se alguém quiser usar a "biblioteca" vai ser o caos em casa!
Quanto as notícias, digo que acontecem atrocidades por esse mundo a fora que só Deus sabe. Já com respeito aos políticos, digo que é um comportamento universal. A cara de pau é tão grande, que os envergonhados somos nós que, mesmo indiretamente, os colocamos lá.

E falando de coisas boas, vi fotos da Feira no Azurara. O rapaz esteve lá no sábado. Se ainda lhe coubesse "o casaco vermelho" podias reconhecê-lo, assim...

beijos e vou te mandar uma plaquinha em madeira que há aqui e diz: aqui não é biblioteca! hehehe

 
At 07 novembro, 2006, Blogger pitanga said...

PS: Vai ao Trans-Atlântico. Mangualde está lá. E que lindo!

 
At 07 novembro, 2006, Blogger Amaral said...

Matos
É o que dar ler no wc por vezes saem-nos leituras/artigos de m...
Quanto ao artigo nem vale a pena comentar, porque de tão estapafúrdio não merece comentários.
Salva-se a fotografia.

 
At 07 novembro, 2006, Blogger GreenSky said...

C' um catano, deixa lá, afinal quem come as criancinha não são os comunas, quanto á injecção atrás da orelha isso já não posso dizer nada.

Relativamente aos partidos políticos, se fosses tu ou eu a cometer irregularidades malhávamos com os costados na choça assim fica tudo em águas de bacalhau, é típico tuga!

Um abraço

 
At 21 janeiro, 2010, Blogger freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

 

Enviar um comentário

<< Home