O meu cantinho!...

Não sou Poeta, não sou Professor, não sou Engenheiro e muito menos Doutor. Sou alguém que aprendeu a ser o que é, porque um dia me disseram que na vida o que realmente importa é ser eu próprio, confiar nos sentimentos e respeitar o que nos rodeia, ...as pessoas e ...o Mundo!

(Não é permitida a duplicação de partes ou da totalidade deste site sem a permissão do WebMaster)

» Ver dados pessoais «

quarta-feira, junho 14, 2006

Coisas de Vedeta


«Mantorras dirigiu-se a Simão Sabrosa, no final do Portugal-Angola, e pediu-lhe para trocar de camisola. Mas o capitão do Benfica rejeitou o pedido do colega de equipa e deixou-o de braço estendido, em pleno relvado do Estádio Müngersdorfer, em Colónia.

Indiferente, Simão afastou-se, depois, e prosseguiu o caminho até ao túnel de acesso ao balneário da Selecção, onde entrou de camisola ainda vestida. Mantorras ficou incrédulo com a reacção do companheiro e, após alguns segundos de paralisação, caminhou desolado na mesma direcção.

No meio da confusão gerada pelos cumprimentos de final de jogo, poucos se terão apercebido do sucedido. Pauleta, porém, terá sido a excepção. O avançado estava por perto e parece ter ficado igualmente intrigado com a atitude de Simão. Mantorras desabafou qualquer coisa, mas foi impossível confirmar o que disse a Pauleta.

Havia a possibilidade de Simão já ter prometido a camisola à mulher ou aos filhos, por exemplo. A ser assim compreendia-se a recusa da troca. Mas pela expressão estupefacta que Mantorras fez depois de ouvir a resposta do colega, afastam qualquer hipótese de uma explicação desse género.»



Se o homem tinha razões válidas, azar para o Mantorras, agora se não... como pelo menos parece, então é muito feio e fica mal na "fotografia", até porque por cá militam no mesmo clube! Será? Dizem até que este "menino" é o responsável pela união do grupo (do clube, entenda-se).
E ainda se diz que a vedeta é o Cristiano... uns têm a fama, outros o proveito e muito poucos, as duas coisas.