O meu cantinho!...

Não sou Poeta, não sou Professor, não sou Engenheiro e muito menos Doutor. Sou alguém que aprendeu a ser o que é, porque um dia me disseram que na vida o que realmente importa é ser eu próprio, confiar nos sentimentos e respeitar o que nos rodeia, ...as pessoas e ...o Mundo!

(Não é permitida a duplicação de partes ou da totalidade deste site sem a permissão do WebMaster)

» Ver dados pessoais «

sexta-feira, setembro 23, 2005

Um retrato... do País!

(Foto de CMatos)

Esta imagem retrata bem o estado do nosso País. Só confusões. Senão vejamos:


- Hoje asfalta-se uma estrada, para dias depois se rasgar, dando passagem a água, esgotos ou até semáforos (e o buraco fica...);
- Hoje manda-se fazer de uma maneira, para amanhã ser feita totalmente ao contrário (fruto da vontade ou do interesse de alguém...) ;
- O que ontem se criticou é hoje aceitável, ou vice versa (face ao lugar que se ocupa...) ;
- Um tribunal dá uma sentença hoje, e passado algum tempo (porque passou um ano, e/ou porque o arguido se "ausentou") já se muda para outra;
- Quem deve e vive de aparências, é VIP, quem paga e cumpre é... burro (porque vivemos num Mundo/País de aparências...);
- Hoje promete-se tudo, para depois nada se fazer (ou pior, fazer-se tudo ao contrário...);
- O povo aplaude e rejubila com a chegada de fugitivos á justiça e assobia os Governantes (tudo relatado nas TVs como um desafio de futebol...);
- Um polícia que atira sobre um criminoso em fuga (que acabou de assaltar alguém) vai para a cadeia e o outro, para o hospital ser tratado e colocado de novo na rua;
- Um qualquer Sr. Fulano de tal (dos tais VIPs e VIPolitics) são apanhados em excessos nas estradas e... são perdoados (porque iam para uma qualquer reunião);
- Os agentes que perdoam, passam a corruptos (e ás vezes serão mesmo...);
- Os jornalistas são investigadores, e os investigadores "jornalistas" (pois serão estes que publicam os segredos de justiça...);

- ...
- ...
- ...


Enfim, este País é o que não é, faz o que não faz, tem o que não tem, internacionalmente somos o que não somos,... e nós... somos ou não somos Cidadãos, somos ou não somos Portugueses?



PS - Esta foto foi tirada no centro de Faro, no Algarve. Como é possível virar é esquerda se não o podemos fazer? E não é caso único, em Albufeira (é verdade, na localidade mais Inglesa de Portugal) num cruzamento, fui forçado a seguir á direita (sinal de sentido obrigatório) tendo nessa mesma direcção um sinal de Estrada sem Saída. Resultado, "esbarrei" num beco onde nem o carro consegui virar. É de doidos.