O meu cantinho!...

Não sou Poeta, não sou Professor, não sou Engenheiro e muito menos Doutor. Sou alguém que aprendeu a ser o que é, porque um dia me disseram que na vida o que realmente importa é ser eu próprio, confiar nos sentimentos e respeitar o que nos rodeia, ...as pessoas e ...o Mundo!

(Não é permitida a duplicação de partes ou da totalidade deste site sem a permissão do WebMaster)

» Ver dados pessoais «

sexta-feira, outubro 28, 2005

Ser Solidário

Foto de CMatosVivemos numa sociedade de consumo, onde parece ser melhor aquele que mais tem, que mais mostra, que mais gasta...
Será importante ter sucesso na vida, não ter problemas de dinheiro, passar boas férias.., se viramos a cara quando passamos por um mendigo que nos estende a mão? Se ficamos indiferentes ao ver nos noticiários velhos a «viver» em barracas em condições desumanas? Se mudamos de canal quando estamos a jantar e passam imagens de crianças desnudas e desnutridas nos países de 3º mundo?
É verdade que pouco podemos fazer para inverter a situação em que o mundo se encontra, mas podemos ser solidários com o pequeno mundo que nos rodeia, um mundo menor que se cinge ao nosso campo de acção no dia a dia... E que mundo tão vasto esse...
Desde muito pequenas que as crianças, nas suas brincadeiras, são ensinadas a dar e não a tirar, quando brincam com os seus e os brinquedos dos outros. Muito mais importante do que ter é SER. Os amigos verdadeiros amam-nos pelo que somos, não pelo que temos. Não amamos nós, aquele amigo que nada tem, mas TUDO É?
Para quê deitar fora aquela roupa que já não usamos, e que está praticamente nova, quando há pessoas na nossa Paróquia a passar frio? Porquê fazer um jantar com três pratos principais quando, no mesmo dia, negámos um prato de sopa a alguém que tinha fome? Porquê colocar o lixo todo no mesmo saco, por preguiça, aniquilando o processo de reciclagem, que contribui para um mundo melhor? Porquê recusar levar alguém a casa porque gastamos gasolina?
No é necessário canalizar o nosso ordenado ou a nossa mesada para os pobres. O «serviço» que podemos prestar à sociedade é vasto e o verdadeiro sacrifício nem sempre é «dar dinheiro», embora o seja, por vezes.
É solidário aquele que trabalha como voluntário numa associação de solidariedade social uma ou duas vezes por semana, sem receber nada; é solidário aquele que procura alegrar uma tarde de um Lar de Idosos ou de um Jardim-de-infância; é solidário aquele que encaminha um jovem desconhecido para um Centro de Recuperação para Toxicodependentes; é solidário aquele que socorre um mendigo embriagado caído no chão e chama a ambulância; é solidário aquele que ouve os desabafos arrependidos de alguém que errou muito na vida, sem o julgar; é solidário aquele que perdoa; é solidário aquele que pensa sempre no próximo, antes de si mesmo.

Extracto de um texto publicado na revista Flor de Lis por Xana Almeida

10 Comments:

At 30 outubro, 2005, Blogger azurara said...

Concordo com as ideias veiculadas no texto. Mas há uma questão precedente:
Devemos ser solidários com a "pessoa" ou com a comunidade?

 
At 31 outubro, 2005, Blogger CMatos said...

Dependendo das situações, podemos ser solidários com "a pessoa" (aquele amigo que necessita de nós no momento de fraqueza) contribuindo para uma comunidade mais equilibrada, ou então ser solidário com a comunidade (por exemplo através do exemplo e dedicação) contribuindo para a melhoria "da pessoa" individual.
Não creio ser necessário fazer essa distinção.

 
At 25 dezembro, 2008, Anonymous Trabalho para LP said...

Gostei muito do teu artigo, que me está a ajudar num trabalho sobre a solidariedade. Está muito bem!

 
At 13 agosto, 2009, Anonymous Anónimo said...

oi amigo parabens por sua reflexo~es

 
At 13 agosto, 2009, Anonymous Anónimo said...

oi amigo parabens por sua reflexo~es

 
At 24 novembro, 2009, Blogger Jorge said...

Bom dia!

Este texto ajudou-me na minha formação.
Estou a frequentar um Curso EFA-NS e um dos temas abordados e para o qual tive de desenvolver uma reflexão é este da Solidariedade. Juntamente com outros, este texto, fez com que o meu trabalho fosse bem mais completo.

Já agora, e como este mundo é muito pequeno, tb eu sou praticante de Geocaching!

Abraço
"Sagitário"

 
At 15 dezembro, 2009, Anonymous Anónimo said...

adoreio texto a forma de escrever é alucinante quem escreveu isto foi sentido adorei

adeus bjs
de:patrica santos

 
At 08 abril, 2010, Anonymous happiness said...

Ajuda, por favor! DEUS O ABENÇOE PELA SUA BONDADE.
Preciso de ajuda. Já não sei o que fazer... Estou desempregado e não tenho dinheiro para pagar a renda e outras contas... Ajude quem precisa. Agradeço imenso. Quem dá, recebe mais. DEUS O ABENÇOE E à SUA FAMÍLIA.
Por favro, visite:
http://sites.google.com/site/ajudarhelp/

 
At 21 maio, 2010, Anonymous Anónimo said...

O que mais me chamou atenção nesse texto foi "Os amigos verdadeiros amam-nos pelo que somos, e não pelo que temos."
Não adianta termos amigos pensando no que ele tem realmente..
e sim pelo caráter!

 
At 05 fevereiro, 2011, Anonymous Daniela said...

Deu - me muitas informações para um trabalho obrigado por tudo

 

Enviar um comentário

<< Home